domingo, 30 de outubro de 2011


O fim do amor é ainda mais triste do que o nosso fim. 
Meu amor está cansado, surrado, ele quer me deixar para renascer depois, lindo e puro, em outro canto, mas eu não quero outro canto, eu quero insistir no nosso canto.
(Tati Bernardi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário