segunda-feira, 5 de setembro de 2011


Meus olhos escondem a dor da minha alma. Dizia demonstrar seus verdadeiros sentimentos mas no final ele mesmo passou a esconde-los. Não, sua vida não estava mais fácil, um mar de saudade perseguia seu coração. A dor era forte, mas ele simplesmente sorria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário