quinta-feira, 29 de setembro de 2011




“Coitado do amor, é sempre acusado de provocar dor, quando deveria ser reverenciado simplesmente por ter acontecido em nossa vida, mesmo que sua passagem tenha sido breve.”
-Martha Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário