sexta-feira, 8 de julho de 2011


Há sempre o momento de pedir ajuda, de se abrir, de tentar sair do buraco.Procurar um ombro amigo que possa nos ajudar e estar ao nosso lado para nos amparar.
Mas, antes, é imprescindível passar por uma certa reclusão. Fechar-se em si, reconhecer a dor e aprender com ela.Ficar sozinho para refletir sobre tudo que esta ocorrendo e por que esta sendo assim.Criar coragem e refletir em suas atitudes que o levaram ate onde você esta... Enfrentá a dor sem atuações. Deixar ela escapar pelo nariz, pelos olhos, deixar ela vazar pelo corpo todo, sem pudores.Pois chora alivia muitas dores,e mesmo maior delas primeiro a gente tem q relfetir e mesmo chorando aprender com elas,mesmo sofrendo tirando algo de legal destas dores. Assim como protegemos nossa felicidade, temos também que proteger nossa infelicidade.Há o momento certo da gente corre ou precisar de ajuda.Mas ah momentos em que apenas nos mesmos podemos nos ajudar.Há momentos que devemos ficar sozinhos,só nos e nossa consciência e pro pra fora tudo que esta engasgado.Todas as dores,e talvez lágrimas...
Não há nada mais desgastante do que uma alegria forçada. Se você está infeliz, recolha-se, não suba ao palco. Disfarçar a dor é dor ainda maior

Nenhum comentário:

Postar um comentário